Nairobi chegou ao fim…

A Conferência Sobre as Alterações Climáticas organizada pela ONU em Nairobi este ano chegou ao fim no passado dia 17 de Novembro.

ONU

Estamos portanto em condições de fazer uma pequena avaliação do que lá se passou.
O ponto forte de toda esta cimeira foi a discussão de uma possivel era Quioto despois de 2012, ou seja, a continuação de protocolos de redução de emissão de gazes produtores de efeito de estufa. Muitos foram os apelos e avisos de Koffi Annan sobre os problemas das alterações climáticas, mas mesmo assim, os Estados Unidos, mais uma vez, mostraram-se reticentes em relação a Quioto ou sequer à possibilidade de considerarem a hipótese de adptarem algumas medidas restritivas neste aspecto, alegando que seria “mau para a economia”… Sem comentários… mais surpreendente foi a posição do Canadá contra Quioto também e a reafirmação da Austrália em ficar de fora. A Arábia Saudita claro que tentou dificultar as negociações por motivos (petroliferos) óbvios…

Mas nem tudo foram más noticias…
A criação de um fundo de adapção que pretende ajudar paises em desenvolvimento a lidar com as alterações climáticas, como sendo cheias e seca extrema. O dinheiro virá dos paises desenvolvidos que o arrecadaram pela produção de mecanismos para produção de energia mais limpa.

Nada de muito importante se decidiu mas fica a marca e a determinação com que a ONU e alguns paises desenvolvidos estão cometidos com este projecto!

Visitem: Para Além de Quioto (link já disponivel há uns tempos na barra de links seus desatentos!!)

2 thoughts on “Nairobi chegou ao fim…

  1. Sim, o pior será em 2012, quando Quioto findar. Será que “teremos” condições para um novo protocolo? E se assim for, não será rídiculo tal protocolo? É que sabemos, desde já, que os países que referiste não assinarão qualquer protocolo. E a China, que é o 2º maior emissor de gases para atmosfera (1º – EUA), será que assinará algum tipo de acordo? E a Índia? Recentemente, nos telejornais, afirmava-se que em Pequim, circulavam mais 1000 carros por cada dia. O que fazendo as contas, dá mais 365000 carros por ano, e cerca de 1 milhão a cada 3 anos.

    Como vemos as previsões não são as melhores. Serão as soluções adequadas? Duvido! As pressões para reduzir as emissões são grandes, mas a indeferença dos governos, representantes das grandes multinacionais que vêm em protocolos como Quioto um inimigo, faz com que qualquer tentativa de solução mundial seja um fracasso completo!

    É preciso atitude.

    Bom post😉

  2. Oracle diz:

    Pois… talvez e talvez em 2012 já seja um pouco tarde de mais para fazer alguma coisa que realmente possa mudar o mundo, havendo já neste momento paises que não querem saber. É como diz Al Gore em Uma Verdade Inconviniente – “Se pusermos uma rã dentro de uma panela com água a ferver, ela salta logo para fora… mas se a água estiver fria e formos aquecendo calmamente, a rã deixa-se cozer sem ter noção do que lhe estar a acontecer”. E é verdade… as pessoas não se apercebem do que se passa no mundo… não percebem que as secas extremas e as chuvadas intensas são duas das consequências deste aquecimento global…

    maior problema é que as pessoas pensam que é normal! e pensam que chuvendo mundo depois da seca é bom! Não!! é grave e muito!

    Lá está… é preciso atitude, mas ainda bem que há pessoas que se interessam e se preocupam em informar os outros e que se dão ao trabalho de fazer algo pelo ambiente e pela nossa vida e mundo!

Queres falar agora?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s