How To Irritate People

cleese.gifHá dois tipos de comédia: a banal e grosseira e a feita por senhores que, a cada palavra que dizem, nos deixam num tal estado que nos rebolamos pelo chão a tentar arranjar fôlego para a próxima.

John Cleese é um desses senhores. Conhecido principalmente por ser membro do aclamado grupo cómico inglês Monty Python, Cleese junta-se assim aos amigos Tim Brooke e Graham Champman, com os quais mais tarde formou os Monty Python, e mostra-nos o seu mundo de comédia onde somos levados num autêntico tutorial sobre irritação de pessoas.

How To Irritate People, de 68, é um manual detalhado de irritação. Como irritar os filhos e os pais, os empregados de mesa, vendedores e clientes, espectadores e por aí fora. Com uma simplicidade característica do grupo, Cleese apresenta-nos, em cerca de 70 minutos apenas, uma espécie de programa televisivo onde os sketches são apenas modos de irritação de um grupo específico de pessoas.

Sem nunca entrar em grosseirismos e mantendo uma linha de ascendente em que vamos da simples “mete nojo” até explosão, Cleese e companhia ensinam-nos a manter a nossas vítimas num ponto de caramelo, mesmo antes de torrar, mantendo a nossa postura como se nada se passasse.

Embora ainda sem a genialidade dos Monty Python, Como Irritar uma Pessoa é um bom filme onde as situações mais banais se podem tornar em excelentes campos de treino para deixarmos a nossa imaginação correr. Os únicos senãos são mesmo a duração – 70 minutos deixaram-me com muita água na boca – e algumas situações que poderiam ter sido exploradas de outra maneira mas não lhe tira a imensa piada de que é dotado… Fiquei com vontade de rever as relíquias que tenho aqui na estantes: Holy Grail e Life of Brian, ambos dos Monty Python.

Obrigado ao Gui pelo DVD!

Nota:

2 thoughts on “How To Irritate People

  1. Rui Lopes diz:

    Obrigao ao Guy pelo DVD? Isso é um bocado gay nao??

    Mas sim… “How to irritate people” parece-me um bom filme… Se é que me entendes!😉

  2. Gay? Não sei porquê mas se mesmo que fosse… não era isso que me iria afectar a sexualidade. E foi um agradecimento por um presente!

    LOL Como eu te entendo!!!

Queres falar agora?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s