Five Fingers

Ainda sem data de estreia em Portugal, se é que vai chegar aos cinemas, e com uma recepção do público muito aquém das expectativas, Five Fingers é um thriller de baixo orçamento que deixa pouco a dever aos “grandes” do género e que é capaz de nos prender à acção(?) do princípio ao fim.

Suportado pelas boas interpretações do cada vez melhor Ryan Phillippe e por um Laurence Fishburne bastante convincente, o filme toca terrenos perigosos no mundo da política e dá-nos uma óptima ideia do mundo da espionagem e terrorismo.

fivefingers.jpg

Martijn (Ryan Phillippe) é um jovem holandês que ambiciona começar uma fundação em África para dar comida quem menos tem. Quando se dirige para o continente, contracta um guia turístico, Gavin (Colm Meaney) para o ajudar a movimentar-se no país. Quando chegam, são quase de imediato raptados por um grupo de terroristas liderados por Ahmat (Fishburne) que os drogam e levam para um local desconhecido. Pensando terem raptado um agente da CIA, os terroristas começam a interrogar Martijn de forma violenta após terem morto Gavin. À medida que o interrogatório vai prosseguindo, ambos os lados vão-se dando a conhecer até se aperceberem que realmente são.

Isto pode parecer meio vago ou até mesmo chato e já explorado, mas não posso revelar mais da história porque, caso contrário, perderia toda a piada. Se confiarem em mim (hum… não me parece), arranjem o filme que já está disponível em DVD e dêem uma vista de olhos. O conceito está muito bem conseguido e algo elaborado, proporcionando assim uma boa intriga que só o é a partir do momento em que nos apercebemos que algo não é bem o que parece. Arghhh!! Lá estou eu a falar de mais…

Na representação, como já disse, Phillippe está fabuloso, expressando a sua raiva e dor de forma muito convincente, pecando apenas, tal como Fishburne, no sotaque que ambos adoptam. Mas pronto, nada é perfeito. Quando ao realizado Laurence Malkin, faz com este Five Fingers o seu 2º filme sentado na cadeira principal e por mim tem carta branca para mais. Pena que o público e as empresas de distribuição não lhe tenham achado muita piada.

Nota:

One thought on “Five Fingers

  1. jamile diz:

    Dae, amigo. Esse filme já tem aqui no Brasil em DVD. Não passou nos cinemas. Apesar de ser um filme de baixo orçamento, é bastante interessante e muito bom. Toca na ferida dos EUA quanto ao terrorismo. Ótima pedida.
    Grande abraço do Brasil,
    Jamile.

Queres falar agora?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s