Fracture

Ted (Anthony Hopkins) é um homem bem sucedido no mundo dos negócios e tem tudo o que um homem pode desejar, menos felicidade. Quando descobre que a sua mulher o anda a trair, engendra um plano para a matar, mas deixa tudo tão bem preparado que o advogado do ministério público apontado para o caso, Willy (Ryan Gosling), não consegue provar o que verdadeiramente aconteceu. O plano de Ted fora tão bem engendrado que até a si próprio ele se quer defender em tribunal. Entretanto, Willy tem de lutar pelo seu novo emprego e ao mesmo tempo por acompanhar este caso que tantas dores de cabeça lhe causam.

fracture-2007-11.jpg

Fracture é, sem dúvida, um bom filme, um bom thriller. É desafiador (q.b.), dinâmico e bastante perspicaz na maneira como avança na acção, nunca descorando nenhum dos pormenores e aproveitando a excelente prestação das duas gerações de actores: Hopkins, dinâmico e de volta ao seu estilo mais corrosivo e medonho, com expressões a fazer lembrar The Silence of the Lambs, enquanto Gosling, esse actor maravilha, nos presenteia com uma prestação apaixonada e determinada; depois de Half Nelson, não perde créditos.

Apostado num registo inteligente no argumento, Gregory Hoblit volta assim aos bons registos, depois dos seus excelentes Primal Fear e Frequency. Embora não tão “inovador”, este Fracture vem dar um novo fôlego, com um tema diferente e mais abrangente e cativante, depois de um ou outro registo menos conseguido…

Vale a pena ver Rotura. Apesar de precisar de poder durar mais uns minutinhos e concluir a história de maneira diferente, não desilude; contudo, deixa no ar algumas perguntas pertinentes que cada um responderá por si. Cabe a cada um de nós querer ou não (ou gostar ou não de) responder. Eu preferia que o filme as tivesse um final mais revelador (isto, inesperado!)… mas não se pode ter tudo.

Nota:

One thought on “Fracture

  1. G diz:

    Eu achei o filme interessante.
    Boas interpretações e um argumento eficaz.
    Mas concordo contigo em relação ao final da história… Faltou mais qualquer coisa.
    Abraço!

Queres falar agora?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s