O adeus a Grissom

Gil Grissom é, sem margem para dúvida, uma das personagens que os portugueses mais recordam e sobre a qual mais sabem. Porquê? CSI foi a série que gerou o “boom” das séries norte-americanas em Portugal. Devido ao seu êxito, possibilitou que muitas outras chegassem até nós (ok… muitas talvez não da melhor forma) e nos tornou apaixonados/viciados em séries.

atd1

Mesmo que depois tenha caído nos ódios de muita gente – por ser repetitiva, monótona… – a verdade é que CSI, o original, sempre se tentou reinventar, sempre se tentou melhorar e é, sem dúvida, a melhor das três séries com esse nome.

CSI: Crime Scene Investigation é, das três, a que tem melhores histórias, a que tem melhores personagens e consequente evolução, a que denota mais criatividade. Quem seguiu a série desde o início e se manteve minimamente actualizado, facilmente chega a esta conclusão. Mais: quem viu a 5ª e a fabulosa 7ª temporadas, sabe que CSI é muito muitos mais do que uma série sobre ciências forenses. CSI, o original, será sempre a série pela qual mais amores nutro, porque foi a minha primeira, a primeira, de muitas, pela qual esperava ansioso semana após semana.

Um dos motivos pela qual gosto tanto de CSI é pelo senhor que tem o papel mais central: Gil Grissom (William Petersen) é o mais enigmático, o mais inteligente, o mais apaixonado e o mais simbólico líder de uma equipa também ela especial. Sempre me cansou, a partir de certo ponto (e por tempo limitado…), o facto de ser 1 episódio /2 casos… mas as personagens conseguiam manter a chama acesa e Grissom era a principal razão por isso acontecer. 

Agora que parte, deixa muitas saudades (esperemos que não seja definitivo) mas também deixa no seu lugar um astro chamado Laurence Fishburne

Quem viu mais recentes episódios da nona temporada, consegue perceber duas coisas: que Fishburne será um senhor competente a ponto de nos fazer esquecer (apenas até certo ponto) o genial Grissom; e que Grissom era, só por si, CSI.

Vou continuar a acompanhar, certamente. Espero que a personagem interpretada por Fishburne, Dr. Raymond Langston, seja um décimo daquilo que foi Grissom. Ainda assim, seria muito melhor do que um certo detective de cabelo meio alaranjado…

Com as etiquetas , ,

One thought on “O adeus a Grissom

  1. werica diz:

    q pena q vc grissom saiu eu so sua fã e senpre vou continuar sendo

Queres falar agora?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s