Terminator Salvation: um novo conceito

Se há coisa que me preocupa nos blockbusters é a história, a dita narrativa. Cada vez que olho para um grandioso trailer ou fotos que nos dão uma amostra do que será o filme, vem-me sempre a questão do que estará lá dentro. 

hydrobot1108

Temos de separar o trigo do joio, e é nesse primeiro patamar que Terminator Salvation parece estar. Se o terceiro filme da saga iniciada por James Cameron, realizado por Jonathan Mostow, não foi aquilo que se esperava, baixando muito o nível relativamente aos seus antecessores, esta quarta viagem ao mundo dos T-800 parece ser uma lufada de ar fresco em toda a história.

Se há dúvidas na qualidade do argumento, basta olharmos para os senhores por detrás da caneta: Paul Haggis (Crash), Jonathan Nolan (The Dark Knight, The Prestige) ou Anthony E Zuiker (C.S.I). Na posição de maestro, ou seja, na cadeira da realização, está um tipo que se dá pelo nome de McG. Quem é esse, perguntam vocês? É o responsável por We Are Marshall. No entanto também é ele que deve ser culpado por ter lançado Charlie’s Angels neste mundo.

De qualquer forma, e para aguçar o apetite, deixo-vos aqui o principal motivo desta mensagem: um artigo no Wired sobre a visão que McG quer trazer ao filme, bem como algumas curiosidades sobre ele.

Aqui fica então um pequeno excerto, com link para o artigo completo:

“We talked to the people who monitored Chernobyl about what the world would sound and look and taste and feel like after the bombs have gone off,” said McG. “Then we got a dead Kodak stock. We baked it in the sun a little bit too long to damage the film, and then we shot on uncorrected Panavision lenses that flare more easily and aren’t quite as sharp as Primo lenses but have an interesting patina. Most importantly we added three times as much silver in the processing than one traditionally would to a color stock. Add it all up and you get this otherworldly, desolate feeling.” 

Artigo completo em blog.wired.com

A série televisiva, Terminator: The Sarah Connor Chronicles, conseguiu, e muito bem, manter a chama de toda esta saga acesa. Acompanho a série regularmente e, para mim, supera de longe o terceiro filme. Estando esse sentimento ainda aceso, facilmente me deixo levar por toda este hype à volta de Terminator Salvation. Vai ser uma grande malha!

Aproveito e deixo aqui também links para o poster e para o trailer:
Poster
Trailer 

One thought on “Terminator Salvation: um novo conceito

  1. Com esta equipa técnica e elenco, só podemos esperar um regresso às origens!!

Queres falar agora?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s