Moon – Claustrofobia Espacial – Trailer


Mais uma vez venho com um pedido de desculpas pela falta de actualização deste espaço, mas o tempo tem sido todo aproveitado para tomar conta de outros “projectos” pessoais, seja pela internet ou fora dela. Este espaço não deverá fechar tão cedo, mas concordo que sendo pouco actualizado, não seja tão “recomendável”. Tentarei que seja minimamente actualizado, nestes tempos mais conturbados.

Mas indo ao que realmente me trouxe aqui hoje, queria deixar-vos o aviso para um filme que me parece ser uma valente experiência claustrofóbica, bastante ao estilo de Sunshine (de Danny Boyle) mas com contornos mais pessoais e existencialistas. Não posso, para já, afirmar que será um filme daqueles para saborear e recordar durante muito tempo, mas que tem pinta para isso, lá isso tem.

Ora, para ser mais concreto, falo de Moon, filme realizado por Duncan Jones (um estreante na realização) com história do próprio, adaptada por Nathan Parker. No papel principal (e, pelos vistos, quase “único”) está Sam Rockwell, um actor já com créditos dados mas sem nunca ter brilhado de forma tão central num filme. Pelo primeiro trailer e pelos comentários que por lá são mostrados, podemos assumir que o seu one-man show é algo notável e digno de receber muito reconhecimento.

Em Moon, iremos acompanhar a história de Sam Bell, um astronauta fechado numa base lunar onde trabalha para tornar a Terra num planeta menos dependente do petróleo. A chegar ao fim dos seus 3 anos de contrato, vê-se confrontado com possíveis ilusões e paranóia, tendo apenas um computador inteligente para o acompanhar.

O trailer pode ser visto no IGN e já consta da minha de lista de must-see deste ano. Espero que estreie por cá. Nos festivais por onde passou arrecadou imensos elogios, logo seria um crime não o trazer aos cinemas deste país.

(Mensagem escrita através do Blogo. Isto é bastante porreiro. Aconselho a que utilizar Mac.)


4 thoughts on “Moon – Claustrofobia Espacial – Trailer

  1. Adoro particularmente este tipo de filmes. Para além de Sunshine, gostaria de referir o 2001: A Space Odyssey, Alien, Solaris e Event Horizon.

  2. Exacto, todos esses estão na minha lista de predilectos também (menos o Event Horizon que nunca vi).

    No entanto acho que este irá trazer algo de novo, não tão “espectacular” mas mais incisivo.

    Um abraço

  3. Sam diz:

    Acabei de chegar de viagem e vi esse filme lá nos EUA. Filme quase mono ator se não fosse a presença do robô. Filme curioso, claustrofóbico, existencialista. Bom roteiro, mas peca pela monocromia, pelo fato de se passar numa estação de exploração de minério na lua, daí aquelas paisagens meio fotos que imaginamos da lua (a partir daquelas tiradas em 69) serem muito repetitivas e P&B full time. O ator consegue levar boa parte do filme, mas quem realmente salva e faz com que você fique sentado na cadeira até o final é o robô que possui uma humanidade quase utópica, sem contar as smiles (aparecem numa tela do robô para representar suas sensações) que arrecada uma certa simpatia cômica.

  4. @nderson diz:

    ja vou assistir !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Queres falar agora?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s