Avatar

Infelizmente não tenho o tempo que queria para dedicar ao cinema. Perco muitos filmes que gostaria de ver no cinema e adio outros para as edições em DVD, mas acabo por me esquecer. No entanto, há aqueles filmes que se tornam obrigatórios, muito antes sequer de se ver o primeiro trailer, imagem ou comentário. Avatar é, sem dúvida, um desses filmes que tornam qualquer cinéfilo amador num fanboy desesperado à porta do cinema em noite de estreia. Tenho de admitir que não foi o meu caso, por questões “profissionais”, mas assim que tive um dia disponível, não faltei à chamada. Devo dizer que as minhas expectativas não eram nada baixas, apesar de ir com o espírito aberto a qualquer surpresa que James Cameron me quisesse pregar. O que é certo é que saí da sala completamente envolvido no mundo criado por Cameron, de tal forma que as únicas palavras que me pareciam correctas para o momento eram “Curti milhões!!”

A história penso que já seja conhecida pela maior parte das pessoas, até porque o trailer é bastante esclarecedor. Em termos de originalidade, Avatar não é nada de novo. Bebe inspiração em antigos clássicos do cinema de animação, como Pocahontas e até algumas parecenças com Planet of The Apes. Como fui acompanhado por um geek do mundo Final Fantasy, foi-me dito que a versão VII era uma grande fonte de inspiração (não vou dizer em que ponto…). Continuando, Avatar não é completamente original, mas tem uma forma de contar a história que nos agarra e nos torna parte da dela, onde cada de um nós escolhe um lado na barricada. Não é que a escolha seja difícil…

Mas a grande força de Avatar estar no visual. Nenhum filme, e quando digo nenhum, quero dizer “Acreditem mesmo… nenhum outro filme é assim”, apresenta tamanha quantidade e qualidade de efeitos especiais. Tudo em Avatar é virtual (à excepção das cenas no centro de comando) mas nada assim tão virtual pareceu tão real. Não existe uma única falha, tudo flui e tudo é, de facto, de outro mundo. A imaginação na criação das espécies nativas não é muita… ou não fosse o seu habitat bastante parecido com o nosso, logo a sua evolução não poderia ter sido muito diferente, mas a envolvência, o que rodeia, o “resto”, é simplesmente indescritível.

Tenho vontade de escrever mais sobre Avatar. Tenho mesmo… acho que falta ainda muito por dizer. Mas acho que a falta de actividade deste blog me tirou alguma capacidade para escrever fosse o que fosse. Se isto fosse um podcast talvez fosse mais fácil expressar-me… Sendo assim, deixo ao critério de cada um uma visita ao cinema, para ver em 3d (foi o meu primeiro em 3d!). Definitivamente, um filme que irá mudar muita coisa na forma como vemos e como se faz cinema.

rating_05rating_05rating_05rating_05rating_05

Com as etiquetas ,

4 thoughts on “Avatar

  1. Fora os preconceitos dos que têm a mania da erudição, Avatar é um grande filme a nível visual. O argumento não é perfeito, bastante cliché, mas assim teria de ser para compensar o largo investimento. De qualquer forma tem um formato bastante clássico, com variadas inspirações cinematográficas.

  2. […] Avatar Infelizmente não tenho o tempo que queria para dedicar ao cinema. Perco muitos filmes que gostaria de ver no cinema e […] […]

  3. Olá!! Gostei de tua crítica sobre Avatar. Como bem colocaste, Avatar é um filme que nasceu para alimentar e gerar fanboys. Roteiro clichê e purista, mas ainda assim, um filme espetacular.

    Também escrevi sobre ele em meu blog: http://marciobrasil7.blogspot.com/2009/12/avatar-de-james-cameron.html

    Forte abraço!!

  4. Dany 115 diz:

    http://thenextweb.com/shareables/2010/01/05/pocahontas-avatar/

    Por falar no argumento…Dá uma vista de olhos nisso.

Queres falar agora?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s