Arrumar a casa

Digamos que o Depois Falamos não é um blog tão popular quanto isso. Deixei de escrever aqui numa altura em que, de facto, estava a florescer a cativar bastantes leitores. Mas, com o hiatus de mais de um ano, as visitas desceram bastante e eu comecei a explorar outros meios para divulgar aquilo que gosto.

Assim, criei a minha conta no Twitter e no Tumblr. Permitem-me expressar as minhas opiniões e fazer observações de forma rápida e mais concisa, a partir da estrada e sempre que me apetece. Aqui, no blog, é mais complicado criar conteúdo dessa forma mais “fast food”.

Como resolvi voltar a escrever aqui no blogue, resolvi agora “arrumar a casa” e definir muito bem como o vou fazer. O blog vai continuar e vou tentar criar conteúdo de melhor qualidade, mas os outros meios também vão continuar em paralelo com outro tipo de conteúdo.

O blog estará destinado a artigos mais completos e desenvolvidos, como opiniões sobre filmes e séries, antevisões mais alargadas e análises completas quanto possível sobre tudo relacionado com cinema, televisão e, ocasionalmente, música e tecnologia. Ou seja, artigos mais aprofundados sobre tudo o que me cativa.

O Tumblr, que agora tem uma nova cara, servirá para deixar posters, trailers, opiniões rápidas e observações momentâneas sobre os mesmos temas. Será actualizado muito mais frequentemente com filmes que ando a espreitar, música que está a rodar no iTunes ou no Spotify, séries que vejo, frases que me ficaram na memória e tudo o mais que julgue relevante, não só para mim mas também para quem me lê.

O Twitter será, como sempre foi, o meio de transmitir aquilo que me vai na mente no momento. Sim, principalmente sobre cinema, mas com muitos outros devaneios à mistura.

Espero que gostem da nova “estrutura” e que sigam o Depois Falamos em todo o lado. Aviso desde já que o livro de reclamações deste espaço está sempre aberto a todos os “clientes”.  Para mais links da minha actividade “social” por esse web fora, basta clicarem nos links no fundo da página.

Antes de vos deixar, aproveito para pedir desculpa pelo uso descriminado de um desenho do clip art. Será que estou a bater no fundo?

2 thoughts on “Arrumar a casa

  1. José Durães diz:

    Em relação à necessidade de te espraiares por meios que te permitem intervenções mais sucintas, percebo-te perfeitamente. Além de ser um primeiro passo rumo à ubiquidade e subsequente domínio do mundo, permite outro tipo de intervenções, mais espontâneas e directas. Ainda que eu seja um fã do formato mais longo, com ideias mais amadurecidas, embora cada vez menos as pessoas estejam formatadas para meios que lhes exigem um grau de atenção superior a uns meros minutos.

    Saúdo a presença do dito elemento do clip art. Retrocesso? Nem por isso. Aliás os internautas deviam intervir para, em uníssono, dedicar um dia à seguinte causa: substituir todas as imagens dos respectivos sites por imagens exclusivamente do clipart.

    Bons posts!

  2. Obrigado José! Um dia destes alio-me a essa nobre causa do clip art😀
    Até lá, vou tentar arranjar mais tempo para escrever aqui. Talvez hoje mesmo até!

    Abraço

Queres falar agora?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s