Unknown

Apesar de nem sequer saber se já tinha ou não saído em Portugal, vi hoje Unknown, o primeiro filme do realizador Simon Brand e do argumentista Matthew Waynee. Sim, já saiu em Portugal em Novembro, pelo nome de Estranhos. A verdade é que nem sequer tinha ouvido falar no filme até há uns dias atrás. Pois bem… vi hoje a versão DVD e fiquei bastante impressionado com o que vi.

Unknown não traz nada de novo. É um thriller bastante bem conseguido mas com influências bastantes visiveis de filmes como Cube ou Saw (por exemplo). Mesmo assim, é um bom filme, cheio de mistério e de reviravoltas inesperadas, que nos prendem ao ecrã de uma forma bastante resistente.

unknown4.gif

Fechados num armazém no meio do nada, 5 pessoas acordam sem nada saber do que lhes tinha acontecido. Três estão soltos e dois presos sendo que um deles levou um tiro. Imediatamente se percebe que passaram por uma situação traumática e cedo tomam consciência de que tinham sido vítimas de um rapto. Mas, e há sempre um “mas”, apenas dois deles foram as vitimas. Como nenhum se lembra do que lhe secedera, tentam todos ficar do mesmo lado na tentativa de conseguirem sair vivos dali. O puzzle vai sendo montado e o mistério vai-se desvendando á medida que vai recuperando a memória.

Unknown não é um filme de culto como os seus antecessores dentre da mesma categoria (Saw não é de culto para mim!). É um filme para nos por a pensar e a tentar desvender o engenhoso plano criado por Waynne.

Estranhos é um coeso e bem realizado filme, com um elenco de luxo: Jim Caviezel, Greg Kinnear (Little Miss Sunshine), Bridget Moynahan (I,Robot), Joe Pantoliano (Memento), Barry Pepper (The 25th Hour), Jeremy Sisto (Six Feet Under), Peter Stormare (Prison Break), Chris Mulkey (Behind Enemy Lines) e Clayne Crawford (Jericho). A boa interpretação por parte de, principalmente, Caviezel, Pepper e Kinnear dão ao filme mais uma boa razão para ser visto, para além da cativante história.

Embora as críticas não sejam o que eu estava à espera (sim, porque depois de ver, fui ver ao ptgate e imdb as opiniões), fica, para mim, como um dos bons thrillers de 2006, (quase) a par de Lucky Number Slevin. Se as inflências não fossem tão notórias, levaria ainda melhor nota. Adoro thrillers e quando vejo um filme assim, dou asas à minha pontuação…

Nota:

3 thoughts on “Unknown

  1. Já tinha ouvido qualquer coisa, mas realmente também nunca mais me lembrei. Parece que passou um bocado ao lado. Mas folgo em ver alguém que tenha visto e, já agora, gostado de Lucky Number Slevin! Pelos meus lados, parece que fui a única que vi, e não acho bem, já que está acima de muitos êxitos de bilheteira que por aí andam. Óptimo entertenimento, com grande cast (e direcção artistica de encher o olho!)🙂

    Cumprimentos!

  2. o Lucky Number Slevin passou, infelizmente, bastante despercebido. Este, mesmo não sendo tão bom, garante esse entertenimento de que falas em niveis bastante aceitáveis.

    Cumps

  3. Já vi o trailer há algum tempo e gostei bastante da ideia.😉

Queres falar agora?

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s